Segurança Pública

A segurança pública  de um município é responsabilidade dos governos estaduais e federais, segundo o que consta na constituição brasileira. Sendo esses governos responsáveis pela inclusão do policiamento civil, militar, estadual, federal e também do exército, entre outras forças de segurança. Sendo do município a responsabilidade de saber de suas necessidades para solicitar a segurança que melhor lhe guarneça.

Com seu tamanho e sua população numerosa Pelotas possui uma segurança que não apenas dialoga com suas necessidades, ela está muito bem preparada para melhor intervir nos conflitos possíveis. Tendo elas todas as forças citadas acima e a polícia ambiental. Pensando nessa necessidade de melhor interferir e se proteger de possíveis entreveros, a prefeitura mantém para si a guarda municipal.

A Guarda Municipal com um efetivo de aproximadamente de 240 membros tem por função guarnecer os bens públicos, os municipários e a população pelotense .  Não tendo o dever direto em se intrometer em ocorrências mais graves por não ser sua função, entretanto, devido as necessidades da cidade, ela se equipa com armentos mais pesados como revolveres. E já que sua existência é para fornecer segurança também é um atrativo para evitar delinquências nas imediações das escolas.

A polícia comunitária é um exemplo de policiamento que é possível com uma parceria entre o governo municipal e o estadual. O primeiro garantirá ao policiais um auxílio moradia, o outro os demais atrativos para levar seus homens aos pontos de maior vulnerabilidade total nas cidades. Pelotas terá seu policiamento comunitário em breve.

Autor: Diego Schimitz